sábado, 4 de janeiro de 2020

Terceira Guerra Mundial: Entenda o que está acontecendo e porque o assuntos está entre os mais comentados na internet


Na madrugada desta sexta-feira (03), o termo “Terceira Guerra Mundial” entrou entre os assuntos mais comentados do Twitter no Brasil e agora já tem mais de 277 mil tweets sobre o assunto.
Muitas pessoas não estão entendendo o que está acontecendo, então vamos explicar do que se trata aqui. Tudo indica que o termo entrou nos Trending Topics por conta de que Trump mandou matar o chefe da Guarda Revolucionária do Irã,  Abu Mahdi al-Muhandis, na noite desta quinta-feira (2) em um ataque aéreo ao comboio que abrigava os dois líderes no aeroporto de Bagdá.
Abu era considerado um herói nacional popular e principal arquiteto militar do Irã, isso criou um clima de tensão, pois acredita-se que o Irã pode se revoltar e criar uma guerra por conta disso.
Três foguetes a mando dos EUA teriam atingido o aeroporto. Além de Soleimani e Al-Muhandis, outras cinco pessoas teriam morrido no ataque. A imprensa estrangeira acredita que os riscos de uma guerra são reais.
Muitos brasileiros estão debochando do caso com memes, outros dizem que estão rindo de nervoso, confira os tweets abaixo:


NOTÍCIA URGENTE!
Trump diz que tem 52 alvos do Irã na mira caso o país ataque americanos

O presidente norte-americano Donald Trump disse na noite deste sábado (4) no Twitter que tem na mira 52 alvos no Irã, "alguns deles de alto nível e de grande importância" para o país, e que não hesitará em atacá-los caso os iranianos atinjam algum americano em vingança pela morte do general Qassem Soleimani.
"Que sirva de alerta de que se o Irã atacar quaisquer americanos ou instalações americanas, nós temos 52 locais iranianos como alvo (representando 52 reféns americanos feitos pelo Irã muitos anos atrás), alguns deles de alto nível e grande importância para o Irã e para a cultura iraniana, e esses alvos, e o próprio Irã serão atingidos muito rápido e com muita força. Os Estados Unidos não querem mais ameaças!", escreveu.

Na postagem, o presidente norte-americano classificou como audaciosas as ameaças feitas pelo Irã de vingar a morte de Soleimani e classificou o general como "líder terrorista". Ele comandava uma unidade especial da Guarda Revolucionária do Irã e era considerado a segunda pessoa mais importante do país.

Trump acusou o militar de há pouco matar um americano e de ferir muitos outros, "sem mencionar todas as pessoas que ele matou durante sua vida, incluindo recentemente centenas de manifestantes iranianos".

"O Irã não tem sido outra coisa senão problema", afirmou no tuíte.
 Informações do G1

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Postagens mais visitadas